O homem que transformou o deserto em floresta.

Yacouba Sawadogo vive na África Ocidental e comprometeu-se a acabar com a desertificação do solo na zona norte de Burkina Faso, algo que nenhum cientista ou organização ambiental conseguiu.

A agricultura e o cultivo indiscriminado do solo resultaram na erosão e a seca severa. Por muitos anos pesquisadores nacionais e internacionais tentaram sem sucesso resolver esta grave situação. Foi então que, em 1980, Yacouba decidiu fazer algo com suas próprias mãos.


Com os métodos bizarros e técnicas de cultivo incomuns conseguiu regenerar a floresta e parar o avanço do deserto. Ele usou de uma antiga prática agrícola Africana chamada “zai”, simples e Low cost, mas que apresentou um incrível resultado. Usando uma pá ele abriu buracos na terra dura e o enchia parcialmente de adubo e sementes. Os buracos foram preenchidos de água durante a estação chuvosa, mantendo a umidade e nutrientes durante a estação seca.

Em 20 anos Yacouba transformou uma área completamente estéril em uma exuberante floresta de 30 hectares, com mais de 60 espécies de árvores. Atualmente Yacouba aconselha agricultores de aldeias vizinhas sobre técnicas de plantio. Em 2010, o premiado diretor Mark Dodd  fez um documentário baseado nas experiências de Yacouba chamado “O homem que parou o deserto”.



Via