Andando no RYNO - A moto de uma roda!

Está vendo este monociclo elétrico aí em cima, com ares de ficção científica? É o RYNO, uma alternativa futurista ao Segway que parece ter vindo do ano 2114. E eu andei nele.

O engenheiro autodidata Chris Hoffmann começou a trabalhar no conceito do RYNO em 2006, quando sua filha de 13 anos desenhou uma lambreta de uma roda que ela viu em um videogame. Ela perguntou se ele poderia construí-la. Agora, cerca de seis protótipos depois, o RYNO está pronto para chegar às ruas.

Basicamente, o RYNO é um Segway evoluído que perdeu uma roda. Assim como ele, o RYNO é controlado pela posição do corpo do condutor: incline para a frente e acelere; incline para trás e pare. Também como o Segway, o RYNO se equilibra em pé quando está parado. Quando fui subir nele, o veículo se balançou para manter meu centro de gravidade equilibrado diretamente sobre o eixo. Com apenas uma roda, o equilíbrio nas laterais é com você.



Ele tem uma roda grande, usando um pneu com 240 mm de largura, normalmente encontrado em motos da Harley-Davidson. Há uma alavanca de freio à direita, embora ela não funcione da maneira que você imagina (mais sobre isso em breve). Virar o guidão gira o assento, o que parece completamente estranho quando ele está parado. E não há outros controles: a posição do corpo faz o resto.
Por instinto, você não se inclinaria para a frente em uma máquina com uma roda, mas Chris me garantiu que sua criação não me deixará cair no chão. Aos poucos, eu movi minha cabeça em direção ao guidão, e comecei a me locomover. Já em movimento, esse comando estranho com o corpo de repente parece estranhamente natural. Você se inclina para virar e, de alguma forma, o movimento muda de uma reta para um arco suave.