Homem usa impressora 3D para criar prótese de mão para o filho.

 
 
A tecnologia é mesmo maravilhosa, e após ler esta notícia você vai ter ainda mais certeza disso. Paul McCarthy tem um filho chamado Leon, que nasceu sem os dedos em uma das suas mãos. Para fazer com que o garoto não se sentisse mal por não conseguir realizar algumas atividades comuns (que todos as outras crianças poderiam desempenhar), Paul decidiu utilizar a tecnologia a seu favor.
 
E ele fez isso de uma maneira incrível: utilizando uma impressora 3D para construir uma prótese mecânica para que Leon possa interagir normalmente com os objetos que estão à sua volta. Em uma entrevista para o canal de televisão CBS, Leon disse à repórter que a melhor parte de ter uma mão impressa é “ser um ciborgue”. E isso realmente prova que a primeira frase desta notícia está mais do que correta.
 
Paul McCarthy utilizou projetos de um inventor chamado Ivan Owen — que autorizou o apaixonado pai a utilizar suas tecnologias para imprimir a prótese para seu filho. O mais interessante de todo esse projeto são os custos envolvidos. Enquanto uma mão mecânica comum pode chegar à marca dos US$ 30 mil, a prótese impressa de McCarthy fica entre os US$ 5 e US$ 10 — e estamos falando em unidades mesmo, não milhares de dólares.
 
McCarthy ainda pode utilizar o projeto diversas vezes. Realizando pequenas alterações, ele poderá fazer com que novas próteses sejam adequadas a Leon de acordo com o crescimento dele. O que vocês acharam dessa novidade? Já haviam imaginado que as impressoras 3D teriam funções tão interessantes quanto essa?
  

Fonte:Tecmundo