Claro TV colocou na fatura do cliente Otário Chorão, no lugar do seu nome.



Otário Chorão, foi assim que o empresário César Medeiro, de 42 anos foi chamado pela Claro TV ao receber uma correspondência em casa. Segundo a assessoria da Claro que manteve contato com o portal G1, informou que identificado e demitiu dois funcionários responsável pelo erro.
Os dois funcionários foram demitidos por não estarem de acordo com os princípios e valores da empresa. 
“Acabei lendo Otávio no lugar de Otário”, conta. No entanto, ao olhar com mais atenção, percebeu os adjetivos e em seguida, pelo endereço, viu que estava destinada a ele. “Eu achei que fosse brincadeira, mas depois fiquei indignado”, disse.
A princípio, o empresário diz que não pretende processar a empresa. "É uma situação que chateia. Talvez se um processo contra eles for impedir que outros clientes passem pelo que eu passei, eu até entro [com a ação]. E se ganhar dinheiro de indenização eu entrego pra doação. Graças a Deus não preciso de dinheiro dessa forma", afirma.
Fonte: G1